{ background: black }

quarta-feira, outubro 13, 2004

Fuse Apresenta... Inspector Mórbido (2004) / Bulllet - Torch Songs For Secret Agents (2004)

 pelO Puto 


O panorama musical português tem assistido, nos últimos tempos, ao lançamento de alguns discos do chamado "hip-hop instrumental". É assim apelidado devido às técnicas que tem em comum com o hip-hop dito convencional: o sample, o scratching, os ritmos.
A Loop: Recordings é responsável pelo lançamento de alguns álbuns significativos desta corrente menos popular. Esta editora, casa-mãe de artistas/rappers como Micro, Sam The Kid ou Dealema, editou alguns álbuns bastante aclamados pela crítica, como foi o caso de "Beats Vol. 1 - Amor" de Sam The Kid ou "The Lost Tapes" de Bulllet (a.k.a. Armando Teixeira), ambos de 2002 e ambos dentro do reduto hip-hop instrumental.
Este ano foi a vez de Fuse (membro dos Dealema) apresentar o seu projecto "Inspector Mórbido", no qual constrói temas a partir de samples de filmes de terror (frases, gritos e ruídos, temas cheios de cordas e pianos), notícias macabras, declamações poéticas ou sons sinistros e misteriosos. O resultado é (aquilo que eu decidi chamar) "hip-hop gótico", devido aos ambientes negros tão próprios dos filmes de terror e do fantástico, e é uma banda sonora de um fime imaginário feita a partir de outras, mas com autonomia, capaz de induzir imagens ao ouvinte.
E, por falar em filmes, Bulllet também decidiu continuar a saga de Vladimir Orlov, em "Torch Songs For Secret Agents". Aqui encontra mais personagens, incluindo algumas damas (Miss Shing e Lili, dos Ballerina) e vagabundos (Legendary Tiger Man e Kalaf), e o espião passa por Hong Kong, Shangai, Buenos Aires, Jakarta ou Istambul à procura de sonoridades que nos ajudem a reconstituir a sua própria aventura. E consegue. As vozes complementam o relato instrumental, elas que estavam ausentes em "The Lost Tapes", mas que foram introduzidas como se de um processo natural se tratasse.
http://www.looprecordings.com/

1 Comments:

Anonymous Eneida Tavares disse...

Optimus!!
Tenho, felizmente, a sorte de ter conhecimento desta "onda" mais que groove a que estamos a assistir nesta "bolha" de música portuguesa, que, sejamos sinceros, tem estado a rebentar aos poucos.

Enfim, isto tudo para dizer que..
AmoO!

(parabéns, estamos perante, um belo lugar de putos,tipos, totós)

R'Hasta**

17/5/06 6:17 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home