{ background: black }

quinta-feira, julho 21, 2005

Matthew Herbert – Plat du Jour (2005)

 pelO Tipo 


Combinando a consciência política de Radio Boy, o sentido de ritmo de Herbert e tendo subjacente o seu manifesto P.C.C.O.M. (Personal Contract for the Composition of Music), Matthew Herbert cria um libelo contra a standardização da comida na sociedade actual e as implicações inerentes, construindo músicas a partir da samplagem de sons relativos a comida e tudo o que gira à volta. Deste modo, é possível encontrar os sons de pessoas a comer maçâs em Istambul ou de um tanque Chieftan MK 10 a passar por cima de uma refeição igual à que foi servida a George Bush, quando foi a Inglaterra agradecer a Tony Blair o apoio à invasão no Iraque. Só ouvindo para ver como tudo isto parecendo estranho, soa muito bem. Desafiante no mínimo. Destaco “These Branded Waters”, “An Empire of Coffee” e “The Final Meal of Stacey Lawton”.
www.platdujour.co.uk
Amostras: Reprodutor no site de "Plat du Jour"

3 Comments:

Blogger tiago anaiço disse...

maravilha...
que cheirinho!
ouvi umas musicas no post-it da RUM (radio universitaria do minho) que em braga e arredores se sintoniza (e se aconcelha) na frequencia de 97.5 fm...
muito bom...

23/7/05 11:49 da manhã  
Anonymous OGajoQueRespeitaAsGajasdaZara disse...

O concerto na Casa da Música foi razoável...valeu a estética do projecto no seu todo. O chef, as imagens multimédia e toda a componente live cuisine.

3/8/05 8:44 da tarde  
Blogger A.C. disse...

Surpreendente, inovador e vanguardista. Mas o que seria de esperar de Herbert que não isto?

http://apartes.blogspot.com

5/8/05 8:07 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home