{ background: black }

quinta-feira, maio 29, 2008

Seus Animais!

 pelO Puto 


Imagem obtida a partir do blog Campainha Eléctrica.

Com um atraso de mais de uma hora, entrou no palco do Cinema Batalha uma figura alta e franzina. Bradford Cox, mentor dos Deerhunter, apresentava-se a solo com o seu projecto Atlas Sound. Passou o concerto sentado, a manipular aparelhos, enquanto as colunas debitavam um som ambiental por camadas, intimista e envolvente, denso e belo, com a voz de Brad a flutuar nesta cascata musical. Estas composições electrónicas, a aludir ao shoegazing, sugestionam paisagens oníricas, ora belas ora assombrosas, o que me fez entender melhor porque a 4AD deitou mão na edição de “Let the Blind Lead Those That Can See But Cannot Feel”.
Depois da breve actuação do senhor sentado, entravam em palco o (agora) trio formado por Avey Tare, Panda Bear e Geologist (com a sua lanterna de mineiro). O longo tema de início define os Animal Collective: imagine-se os Beach Boys por alturas de “Pet Sounds”, mas com mais drogas em cima e sem o manancial de instrumentistas que lhes foi providenciado, dispondo apenas de uma parafernália electrónica, de uma guitarra e algumas percussões. Debruçaram-se principalmente sobre o último álbum “Strawberry Jam”, onde a maturidade de quem sabe lidar simultaneamente com a experimentação e com as estruturas convencionais é evidente. Apesar das estranheza que poderia provocar num público curioso que mal os conhecia (é um concerto patrocinado, com muita gente convidada), surge sempre alguma empatia nos ritmos mutantes, nas complexas harmonias vocais e nas densas composições. Estas são animalescas, pois tão depressa estão contidas como são soltas da sua trela, dando largas a explosões, estridências e improvisações diversas, mas mantendo uma coesão admirável. No início ainda abordaram esse hino de Panda Bear que dá pelo nome de “Comfy In Náutica”, e terminaram com uma abordagem invulgar ao que me pareceu um samba. Pelo meio flirtaram com a pop e com a dança, deixando um gosto doce na boca. Não voltaram para um encore, provavelmente para nos proteger de uma hiperglicemia.

1 Comments:

Blogger  disse...

apenas por curiosidade, esse samba chama.se "brother sport".
abraços

29/5/08 3:47 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home