{ background: black }

domingo, novembro 26, 2006

Festival para gente sentada II

 pelO Totó 



Com muitas pessoas sentadas e algumas em pé, no segundo dia do festival houve mais um grande concerto: o de Ed Harcourt. Emiliana Torrini não apareceu e coube a Harcourt aquecer o ambiente para os Sparklehorse certamente responsáveis pela sala cheia. Ed Harcourt, sozinho em palco começou timidamente à guitarra ou ao piano. Depois foi acrescentando camadas à sua música samplando ao vivo sons que sacava dos mais variados instrumentos ou da sua voz, e acabou a atacar a guitarra eléctrica por cima da orgia sonora que tinha criada.
Quanto aos Sparklehorse: por certo não desiludiram os muitos fãs que os foram ouvir, mas depois de ter assistido aos quatro óvnis pejados de humor e talento que aterraram no festival, ouvir uma banda de guitarra-baixo-bateria-teclado deprimente soou-me estranho.

6 Comments:

Blogger corpo visível disse...

.
a mim soou-me monótono.
.
definitivamente fiquei cativada pelo adam green.
.

26/11/06 4:15 da tarde  
Blogger Yardbird disse...

Gosto do Ed mesmo

26/11/06 4:36 da tarde  
Blogger myself disse...

Infelizmente não houve oportunidade de ir a este festival, mas o Ed Harcourt deu-me no ínicio do Verão deste ano, aquele que foi um dos mais intensos concertos da minha vida.
O rapaz é algo de sobrenatural.

27/11/06 11:33 da manhã  
Blogger lux disse...

O ed harcourt foi, talvez, o músico mais completo de todo o festival.
Sparklehorse, apesar dos pesares, e de terem sido, efectivamente, os responsáveis da lotação esgotada, estavam ali um tanto "misplaced".
O balanço do festival é profundamente positivo, por todos os que lá passaram.
Mas gostava, (mesmo, mesmo), de ver sentada o David Thomas Broughton no cine-teatro António Lamoso...

27/11/06 3:01 da tarde  
Blogger ana disse...

Achei muito bom o concerto do Ed Harcourt, foi o motivo principal de ter ido ao festival neste dia... Já os Sparklehorse, que conhecia mal, não me conseguiram cativar muito...

28/11/06 12:02 da manhã  
Anonymous Anónimo disse...

Tenho pena de não ter ido, mas percebe-se pelos teus comentários o que se passou, o que como alguém (myself) disse, Ed Harcourt é one man show,no S.Alquimista em junho e agora, foi até agora o concerto do Ano para mim.

28/11/06 10:45 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home