{ background: black }

terça-feira, março 08, 2005

Antony And The Johnsons - I Am A Bird Now (2005)

 pelO Puto 


Se o novo disco de Antony e a sua banda pop de câmara, os The Johnsons, apenas contivesse o primeiro tema, "Hope There's Someone", teríamos o suficiente para fazer um grande disco. Tem tanto de arrepiante como de belo, e é uma abertura como há muito não ouvia. De tirar o fôlego.
A voz de Antony, epicentro de toda a música, uma espécie de Nina Simone ou Alison Moyet no masculino, faz-se rodear, neste segundo longa-duração, por uma sonoridade menos barroca que o seu registo de estreia homónimo, mas a carga emocional íntima preenche o que aparentemente se subtrai ao registo. O piano abraça tudo o que jorra das palavras honestas de Antony, quer seja das suas esperanças ("Hope There's Someone", "What Can I Do?"), do seu limbo de androginia ("My Lady Story", "For Today I Am A Boy" ou "You Are My Sister") ou da sua forma terna de encarar o masoquismo ("Fistful Of Love"). É um disco de Antony, com a presença de alguns convidados ilustres - Boy George, Rufus Wainwright, Devendra Banhart e Lou Reed -, mas cujas presenças não assombram nem dominam os temas. É um disco de Antony, e o talento alheio não consegue (nem tem intenção de) subjugar a magnificência das suas composições. Sangram, mas apenas para provar vida. Pranteam, mas a lágrima é lambida. Sorriem, pois nem só de gritos se faz uma libertação.
http://www.antonyandthejohnsons.com/

7 Comments:

Blogger FDV disse...

[na senda da minha reconhecida marginalidade]

foi uma interessante descoberta.

os melhores cumprimentos do oeste estremenho.

[hás de espreitar nas paredes a reedição de uma recensão do kid a, feita a trio, em 2000, para a cabra]

9/3/05 12:05 da manhã  
Blogger gonn1000 disse...

Ainda não ouvi, mas nem todos os convidados especiais me entusiasmam...Depois confiro.

9/3/05 10:43 da manhã  
Blogger Allen Douglas disse...

Devo ter ouvido "man is the baby" umas 20 vezes seguidas em repeat. Ainda bem que ele vai voltar para dar alguns concertos.

9/3/05 11:41 da manhã  
Blogger sandra disse...

:)

becksfan

12/3/05 11:17 da manhã  
Anonymous skizo disse...

acho que já disse tudo o que tinha a dizer num post sobre os discos do rapaz e da banda de que se faz acompanhar. agora é (des)esperar pelo dia 29 de maio. enuqnato isso há rufus em abril.

19/3/05 10:45 da manhã  
Blogger liz disse...

É a primeira vez que venho a este teu blog e devo dar-te os parabéns pelo extremo bom gosto da música aqui referida!

Deste lado ouve-se precisamentew "I am a Bird now" e é simplesmente delicioso! Mal posso esperar pelo concerto... Deve ser algo especial!

13/4/05 9:07 da tarde  
Blogger Cibertecário disse...

Adoro a voz de Antony. Já lá vai mais de um ano que descobri a sua música e desde aí mantenho-me um ouvinte compulsivo. Não gosto da maioria das letras nem das figuras de Antony, mas a sua música(composições/voz) me levou a um estado de dor constante, que repito e repito e repito....sem cessar.

" I am very happy
So please hit me
I am very very happy
So come on hurt me "

Cripple and The Starfish

Agurado ansiosamente o seu próximo trabalho.
Para quem gosta de sofrer:-), oiçam o grupo Sigur Rós.

Carlos

16/7/07 9:45 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home