{ background: black }

terça-feira, abril 19, 2005

Faze Action - Plans & Designs (1997)

 pelO Puto 


Era um vez dois irmãos: Robin e Simon Lee. Robin, um rapaz musicalmente formado e residente no Japão, e Simon, um produtor habilidoso a viver na sua Inglaterra natal. Ambos partilhavam uma paixão pela música em geral, e em particular pelo disco sound. Como a distância nunca foi impedimento para nada, trocaram gravações durante vários anos, lançaram alguns singles e, em 1997, editaram o primeiro álbum sob o nome Faze Action.
Não se pode considerar "Plans & Designs" um álbum revolucionário, mas o seu brilho está na forma como ressuscita o disco (estão lá os riffs de bateria, os arranjos de cordas e o baixo contagiante) e condensa várias vertentes do house. Expõem de forma clara, quase documental, a permeabilidade do disco via house e a facilidade com que lá se vertem, entre outros, o jazz, o funk e o neoclassicismo. Com a ajuda de uma secção de cordas, guitarristas, percussionistas, entre outros, elaboraram uma sequência de temas instrumentais, alguns deles de uma beleza rara que consegue ultrapassar o hedonismo próprio do género.
O segundo álbum, "Moving Cities" (1999), apura o sentido melódico do registo de estreia (o tema que lhe dá título é provavelmente o melhor que já compuseram), amplia as fronteiras, abraçando também a bossa nova e os ritmos latinos, e utiliza pela primeira vez a voz humana, apesar do formato canção estar longe de ser um dos seus objectivos.
No ano passado editaram "Broad Souls", rendendo-se ao soul e às suas formas mais recentes, em territórios próximos dos Zero 7, afastando-se assim da redefinição do disco.
http://www.fazeaction.com/

7 Comments:

Anonymous Anónimo disse...

Já agora, o Simon Lee já veio pôr música ao Porto, pelo menos 2 vezes (acho eu, mas só me lembro no Aniki).

19/4/05 11:47 da manhã  
Blogger I'm No Lady disse...

Não consigo ouvir os samples :( os botões não funcionam.

19/4/05 11:01 da tarde  
Blogger O Puto disse...

Os Faze Action vieram a Portugal, em 2000, no âmbito do Festival Blue Spot, salvo erro.
Quanto aos samples, não sei o que se passa, pois comigo funcionam. Se calhar é necessário esperar um pouco para eles carregarem.

19/4/05 11:28 da tarde  
Blogger I'm No Lady disse...

Pois, agora já consigo abrir um que é o de Old jerusalem... mas mais nada :/ gostei anyway :)

21/4/05 2:02 da manhã  
Anonymous Anónimo disse...

Olá! venho convidar-te a passar pelo

www.defesadopublico.blogspot.com

Está a decorrer uma petição na tentativa de se chegar a um acordo no sentido da não construção do edifício por trás da Casa da Música.

Um abraço! João

p.s. boa selecção musical!!
:)

21/4/05 8:00 da tarde  
Blogger Arroz de Estragão disse...

Vou procurar arranjá-lo! ;)

Cumprimentos.

22/4/05 10:57 da manhã  
Blogger JGSC disse...

Bem.. Os Faze Action, embora lhes tivesse dado alguma atenção, nunca m chegaram a convencer totalmente... Enfim... pode ser que um dia me supreendam :)

27/4/05 11:14 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home