{ background: black }

quarta-feira, setembro 10, 2008

Beck - Modern Guilt (2008)

 pelO Puto 



Aquilo que iria ser uma simples colaboração com Danger Mouse num ou dois temas resultou nos préstimos de produção e participação deste no último disco do Beck. Desde o excelente e ambicioso “Sea Change” que Beck Hansen tinha vindo a baixar de forma (embora nunca a pique, como tantos outros), ao ponto de eu apenas ter ouvido “The Information” duas ou três vezes e ter arrumado o CD na prateleira. Talvez o grande defeito desse álbum seja a duração, algo que era perfeitamente sustentado em “Odelay”, “Midnite Vultures” e “Sea Change”.
A lufada de ar fresco introduzida pelas batidas e programações de Danger Mouse é perfeitamente disseminada no método compositivo de Beck, que se ocupa também de grande parte dos instrumentos, e tudo é condensado num curto disco com dez temas. A leveza pop, o psicadelismo, a oscilação entre a luz e as trevas, o groove, a fulgência dos arranjos de cordas, as guitarras certeiras, as baladas de travo folk, são alguns dos ingredientes para que este álbum, um dos mais descomprometidos e homogéneos da sua carreira, reforce a sua identidade, já facilmente reconhecida como tal, e me faça acreditar novamente neste americano notável com a mesma força de antes.
Uma nota apenas: a tão badalada participação de Chan Marshall (a. k. a. Cat Power) é quase imperceptível.
Sítio oficial de Beck
Sítio oficial de "Modern Guilt"
Beck no MySpace
Videoclip de "Orphans"
Videoclip de "Gamma Ray"
Amostras: Chemtrails | Modern Guilt | Profanity Prayers

5 Comments:

Blogger O Tipo disse...

Um grande disco!

10/9/08 9:05 da manhã  
Blogger M.A. disse...

Ainda não ouvi, mas a colaboração de que tu falas deve ser mais ou menos como a não menos badalada participação de Bowie no último dos TVotR.

10/9/08 1:01 da tarde  
Blogger membio disse...

realmente Beck tem vindo a diminuir um pouco o seu nível de qualidade, mas continua a ser algo sempre a ouvir, gostei mais ou menos de "The Information" q contem alguns bons temas, e este tá um pouco melhor....

11/9/08 12:40 da tarde  
Blogger Ramon disse...

Não consigo encontrar um disco do Beck que seja mau. Nem mesmo o "The Information" e o muito subvalorizado "Guero". Não há, quanto a mim, pontos baixos. Tenho o "Sea Change" como "O" disco do Beck, mas toda a obra dele é extremamente coerente. E isso não é nada fácil. Quanto a "Modern Guilt" concorde com a apreciação. Disco equilibrado, pequenino, tudo como deve ser. Enfim, é Beck.

17/9/08 10:26 da tarde  
Blogger static disse...

:) mais um excelente disco do Mestre

3/12/08 11:33 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home