{ background: black }

quinta-feira, setembro 01, 2005

One Dove – Morning Dove White (1993)

 pelO Puto 


Este disco foi o único álbum editado por este trio, formado por Dot Allison, Ian Carmichael e Jim McKinven, mas constitui um pequeno tesouro escondido nas areias efémeras da música pop. Uma espécie de Saint Etienne de largo espectro ou de uns Primal Scream circa Screamadelica sem os excessos rock.
Contou com a produção de Andrew Weatherall, bem como com as colaborações dos outros dois membros dos Sabres Of Paradise, Jagz Kooner e Gary Burns. Também deram uma mãozinha Andrew Innes (Primal Scream) e Jah Wobble.
O dub e a voz doce mas segura de Dot Allison são o denominador comum a todas as composições, mas as margens deste rio são largas, apesar do caudal ser lento. Há aqui algumas torrentes de distorção, confissões à superfície, mergulhos despidos, e jogos de luz ora assombrados, ora contemplativos, ora hipnóticos. O tema “White Love” leva 3 tratamentos diferentes, e prova que, acima de tudo, é um grande tema pop, resultando muito bem em qualquer um dos ambientes.
Como complemento recomendo o single “Why Don’t You Take Me”, que se faz acompanhar de uma remistura e de um inédito, ambos muito recomendáveis, bem como uma versão de “Jolene”, original de Dolly Parton também já interpretado pelos White Stripes.
http://www.theprimalscream.com/onedove/
Amostras: Breakdown (Cellophane Boat Mix) | (The Transient) Truth | Why Don't You Take Me

1 Comments:

Blogger O Astronauta disse...

Epá, que GRANDE disco. Bem recuperado!

2/9/05 3:54 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home