{ background: black }

quinta-feira, abril 14, 2005

Old Jerusalem - Twice The Humbling Sun (2005)

 pelO Puto 


Old Jerusalem prossegue, ao segundo álbum, os caminhos trilhados na América aquando de "April", apesar da viagem agora assumir contornos mais evidentes. Ninguém diria que este rapaz (posso chamá-lo assim, pois é mais novo que eu), nascido em Portugal, se movimenta tão à vontade por territórios até agora dominados pelos anglo-saxónicos, como seja a folk, o slowcore e o country na sua versão mais alternativa. Transporta-nos no seu veículo acústico, e a sua voz temperada é o volante que nos conduz por vários estados de alma, entre a introspecção melancólica e a celebração contida. Constrói poemas à mudança de estações, reflecte sobre o amor e contempla a vida na sua simplicidade, tudo envolto em composições dedilhadas, envolventes e de uma sublimidade rara. A autenticidade deste disco, apesar de algumas referências (Mark Kozelek, Bill Calahan, e até Nick Drake ou Elliott Smith) que, num ou noutro tema, nos assombrarem a análise (quem é amnésico que atire a primeira pedra), é comprovada pela audição despretensiosa, o que me permite colocar Francisco Silva como o melhor songwriter português do tempo presente.
Destaque também para a excelência da capa e para a participação de Francisco Silva no novo disco do projecto de Paulo Miranda, The Unplayable Sofa Guitar.
http://www.bor-land.com/

4 Comments:

Anonymous Anónimo disse...

Olá Puto!

Pelas músicas que ouvi no site, este álbum parece ser bastante bom!

Abraço!

14/4/05 12:28 da tarde  
Blogger Anastácio Neto disse...

um dos melhores compositores portugueses da actualidade. se em vez de portugal, tivesse a sorte de ter nascido nos EUA ou em terras de sua majestade já teria um contrato com a universal, um clip na MTV e um tournée por meio mundo. já tive a oportunidade de conversar com o francisco é uma das pessoas mais interessantes que conheço, simples, sensível, humilde, inteligente e com um talento do tamanho do mundo... grande álbum, como aliás seria de esperar...

14/4/05 12:42 da tarde  
Blogger FDV disse...

old jerusalem é absolutamente extraordinário. escritor de canções cujo território sonoro me é agradavelmente familiar.

[obrigado pela tua ilustre filiação nas paredes oblíquas].

abraço.

14/4/05 10:40 da tarde  
Blogger Kraak/Peixinho disse...

absolutamente fabuloso!! fikei a conhecer através do blitz. puto, tks por este blog. estás de parabéns.

20/4/05 1:27 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home