{ background: black }

sexta-feira, março 03, 2006

Belle And Sebastian - The Life Pursuit (2006)

 pelO Puto 



Ao princípio foi um pouco chocante ouvir o novo disco do colectivo escocês. Onde foram eles buscar tanta jovialidade e desprendimento? Depois veio uma das possíveis respostas: Isobel Campbell, ou melhor, a ausência dela e do seu fantasma. Parece que foi desta que Stuart Murdoch a apagou do seu coração.
Na musicalidade dos B&S sempre esteve presente uma melancolia e uma fina ironia, herdeira dos Smiths, dos Velvet Underground ou de alguns cantautores folk, o que lhes valeu um culto um pouco por todo o lado. Parte do motor da banda era o casal Murdoch/Campbell, mas quando esta última partiu algo quebrou na dinâmica do grupo. Já se fazia sentir um certo declínio no álbum "Fold Your Hands Child, You Walk Like A Peasant" e na banda sonora que compuseram para "Storytelling", mas em "Dear Catastrophe Waitress" já se notavam sinais de recuperação e mudança de direcção. Contudo confesso que estava despreparado para este disco. Apesar de já nos terem brindado no passado com algumas composições desta envergadura, aqui a atmosfera uptempo é uma constante. A voz de Stuart está liberta de amarras, chegando a tons e amplitudes nunca dante navegadas, a composição resultou mais musculada, inflexiva e poppy (a lembrar os anos 60), e as letras apontam mais para a celebração e do que para o lamento.
Mesmo arriscando-se a perder fãs mais convictos, deram um passo em frente. Ou melhor, para cima. Que mal há um disco bem disposto? Para comprovar isso basta visionar a actuação ao vivo nos estúdios da BBC, presente no DVD que acompanha a edição limitada.
(Agora veio-me à memória o tema do genérico da série "Belle e Sebastião": "Corre corre Belle, trrrrrrrr...")
Sítio oficial dos Belle And Sebastian
Amostras: Another Sunny Day | White Collar Boy | We Are The Sleepyheads

10 Comments:

Blogger Saleiro disse...

Causa alguma surpresa, mas gosto muito deste disco. Muito bom para desanuviar.

3/3/06 11:43 da manhã  
Blogger Ricardo Salazar disse...

concordo. especialemnte com a análise às influências ( juntava Felt ao molhe ) e a referência ao período morto do meio de carreira.

continuo a ser um fanático dos Eps. mas este lp levantou novamente a fasquia ao nível do the boy with an arab strap.

3/3/06 6:28 da tarde  
Blogger membio disse...

dreamy pop um pouco mais joyfyull que os esforços anteriores mais melancólicos... um pouco linear demais para o meu gosto, sem grandes apostas para o bizarro ou conceptual, mas não deixa de ser um excelente album...

5/3/06 11:57 da manhã  
Blogger Hebe disse...

Vi-os em Outubro passado em Espanha, a apresentar algumas das canções deste novo álbum. Realmente a frescura e o à vontade enunciava um período de reinteração musical com o tempo/espaço/percurso musical do que foi até hoje os Belle & Sebastian! É um álbum, sem dúvida, maravilhoso!!!!!

6/3/06 9:56 da manhã  
Blogger Zorn John disse...

Foi o 1º disco deles que ouvi do princípio ao fim. Gosto muito, faz-me lembrar Of Montreal.

6/3/06 12:32 da tarde  
Blogger El Puto disse...

Depois dos Flaing Lips foi a vez dos Belle & Sebastian:LateNightTales

8/3/06 3:41 da tarde  
Blogger El Puto disse...

Ops, *Flaming

8/3/06 3:42 da tarde  
Blogger Spaceboy disse...

Também apreciei bastante esta faceta mais solarenga e poppy dos Belle & Sebastian!

8/3/06 7:54 da tarde  
Blogger El Mono disse...

Disco muito simpático!
Alguma crítica é q lhes deu grandes bordoadas, vá-se lá saber porquê...

9/3/06 1:04 da manhã  
Blogger Hebe disse...

Chegou ontem a minha edição especial com DVD! E um livrinho com fotos e entrevista, + letras das canções... lindissimo!

14/3/06 3:57 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home