{ background: black }

quarta-feira, fevereiro 06, 2008

Jens Lekman - Night Falls Over Kortedala (2007)

 pelO Puto 



Nascido exactamente há 27 anos (já agora, parabéns, Jens!), este sueco compõe música doce e trovadoresca desde tenra idade. Parte das suas composições já tinha sido agrupada num primeiro disco (“When I Said I Wanted To Be Your Dog - a collection of recordings 2000-2004”, 2004), onde a veia de cantautor se destaca e a paixão por uma certa grandiloquência era primeiramente explorada. Seguiu-se uma compilação de singles e EP’s editados anteriormente, e uma certa expectativa criou-se. Ao fim de dois anos e meio essa aspiração concretizou-se como uma peça maior, que constitui um significativo salto qualitativo na sua obra.
Neste disco, a pop barroca reveste-se das mais variadas cores e feitios, e às influências de Scott Walker e Burt Bacharach sobrepõem-se roupagens mais contemporâneas. Os belos arranjos, ora próprios ora "samplados", apoiam-se em ritmos sintéticos ou orgânicos, e a apropriação do gospel, do funk, do disco, da pop sessentista, do swing jazz e (até) da música brasileira nordestina contribui para um caldeirão bem temperado, onde cordas, sopros, pianos e guitarras se revezam nestas sinfonias deliciosas. Jens, com a sua cativante voz de crooner, canta sobre a sua visão romântica da vida, recordações da adolescência, apontamentos de humor e desencantos diversos iluminados pela esperança. Fala também da amiga lésbica que lhe pede para se fazer passar por namorado perante a família, declara-se maravilhado pela rapariga imigrante que lhe corta o cabelo num salão ilegal dentro de um apartamento, e confessa que teve um flirt de fim de festa, em linguagem gestual, com uma rapariga surda. Histórias deleitosamente contadas e onde palavras e expressões como “avocado”, “kitchensink”, “out of office auto replies”, “figs” ou “copulate” surgem invulgarmente bem enquadradas.
Leveza e significado, contemplação e análise, tudo tem lugar neste disco sedutor e despretensioso. Continua a deixar-nos com estes sorrisos idiotas na cara, Jens!
Sítio oficial de Jens Lekman
Videoclip de "Sipping On The Sweet Nectar"
Amostras: A Postcard To Nina | Shirin | Kanske Är Jag Kär I Dig

7 Comments:

Blogger autobahn disse...

belo disco =)

8/2/08 12:42 da manhã  
Blogger joão moço dos recados disse...

é fenomenal.

11/2/08 11:38 da tarde  
Blogger Camarada Choco disse...

Divulgação

Um Blog ,dois livros!

www.camaradachoco.blogspot.com

“Camarada Choco”

e

“Camarada Choco 2”
António Miguel Brochado de Miranda
Papiro Editora

Papelaria “Bulhosa” Oeiras Parque, Papelarias “Bulhosa”, FNAC ou www.livrosnet.com

Tema: Haverá uma fronteira entre os Aparafusados e os Desaparafusados?"

Filmes de Apresentação no “Youtube” em “Camarada Choco”

12/2/08 5:30 da tarde  
Blogger Kraak disse...

É como eu fico quando oiço o álbum vezes sem fim: com um sorriso parvo na cara, hehe! O álbum é muito bom. Jens Lekman toca vários estilos musicais com um brio extraordinário.

Se souberes onde fica Kortedala, ainda continuo à procura. :)

Hugzz!

13/2/08 12:37 da manhã  
Blogger myself disse...

Descobri ontem, durante um passeio de descoberta da cidade de Geneva (a cidade onde o carro normal é um Bentley e toda a gente anda de Ipod na rua a cantar...aos berros) que este rapaz toca aqui para a semana numa associação que parece ser no mínimo brutal!
Lá estaremos, para nos vingarmos do facto de no mesmo dia os Raveonettes tocarem em LX...eheheheh

13/2/08 9:37 da manhã  
Blogger Wellington Almeida disse...

Um dos meus 5 albuns do ano passado. Belo texto.

14/2/08 2:36 da manhã  
Blogger Noodles disse...

Sabes que aqui no escritorio recebemos uma dose mensal de cd's da Rough Trade a borla. Depois e so passar para o I-Pod.. este vinha numa dessas remesas :)
Bejinhos e trata bem da minha coleguinha hein??!

20/3/08 4:28 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home