{ background: black }

quinta-feira, setembro 21, 2006

She Wants Revenge – She Wants Revenge (2006)

 pelO Puto 



Muito já foi dito sobre estes dois. Acusaram-nos de impostores, de plagiar bandas como os Joy Division, os Depeche Mode ou os Bauhaus, de serem apenas forma sem conteúdo, de serem uma de muitas bandas oportunistas sem identidade que se confundem aos magotes. Mas, como distinguir o que é feito com alma e coração daquilo que é engendrado pelos neurónios, ou discernir o que é genuíno e honesto e o que, nem que seja aparentemente, segue uma fórmula já estabelecida e provada? Ai, estas dúvidas...
Não sei o que me irrita mais: andarem sempre a bater no ceguinho, eu ter caído na armadilha de sedução do duo californiano ou eu não me sentir irritado com isto. Seja como fôr, sinto um grande apelo quando ouço o disco. Os temas, construídos com engenho (ambos os membros tiveram experiências na música electrónica durante os anos 90) e pujança, geometrizam notas e relocalizam referências. Este desfile de canções sobre a perversidade das relações cativam pela sua sordidez e sex-appeal com as quais nos identificamos por vezes. A narrativa crua e por vezes fria domina a poesia. Não se destacam de todo pela originalidade, mas demonstram uma capacidade de síntese entre algumas correntes julgadas distantes (o pós-punk e a synth-pop) e uma catarse verbal que diria quase pornográfica.
Sei o que muitos devem estar a pensar: como foi possível este gajo dedicar mais que duas linhas a este disco? Compreendo a pergunta, mas também sei que muitos pensarão doutra maneira.
Sítio oficial dos She Wants Revenge
She Wants Revenge no MySpace
Amostras: I Don't Wanna Fall In Love | Broken Promises For Broken Hearts | Sister

17 Comments:

Blogger joao disse...

1) reconheco validade e sou dono de metade do disco
2) acrescentaria sister of mercy na lista das bandas plagiadas
3) vi ao vivo ja ha algum tempo e nao gostei mas admito que havia falta de treino
4) ate tenho uma t-shirt pela qual nutro alguma simpatia: e preta, tem as letras vermelhas assim inclinadas no ombro e penso sempre em acrescentar SUCKS por baixo a branco e letras grossas
5) resumindo, tenho um odiozinho de estimacao pela banda

22/9/06 12:56 da manhã  
Blogger truman disse...

Pois eu gosto...e não importa se soa a bandas conhecidas, dá prazer ouvir e isso é que interessa na música em geral, ou não?

22/9/06 9:39 da manhã  
Blogger O Tipo disse...

Gosto bastante deste disco

22/9/06 10:36 da manhã  
Blogger O Astronauta disse...

Amigo Puto, como tu sabes, por razões óbvias, é claro que gosto bastante deste disco e desta banda.
Estou-me nas tintas se são impostores (não digam que não foram eles que tocaram no disco!!!...) ou se fazem música decalcada de uma resma de bandas. Isso para mim são tretas. Os She Wants Revenge são tão originais quanto os (fantásticos) Interpol, e não vejo ninguém queixar-se por isso. E quem achar o contrário é porque nunca na vida deve ter escutado mais que dois temas dos Joy Division. Portanto, desde que as canções sejam boas e as bandas acreditem no que fazem, estou-me a borrifar para o "soa a isto ou soa aquilo".
Agora, é legitimo que não se goste dos SWR como é legitimo não se gostar de tudo e mais alguma coisa. Estou cansado é dos argumentos absurdos que por vezes se evocam para justificar aquilo que não tem grande justificação. São gostos. E cada um tem o seu, certo?
Abraços.

22/9/06 12:56 da tarde  
Blogger nc disse...

cheira muito às bandas que referiste, mas não é por isso q deixa de ser bem feito, até porque cheira ao melhor q se fez naquela altura. acho o disco apenas razoável. no entanto destaco o single "tear you apart" q é brutal!

22/9/06 1:43 da tarde  
Blogger Bri disse...

Eu também gosto bastante... Acompanhou-me nos meses de verão também... :)
E para destacar alguma destaco a Out of Control :)
The lights that move sideways and up and down
The beat takes you over and spins you round
Our hearts steady-beating, the sweat turns to cold
We're slaves to the DJ and out of control

22/9/06 1:59 da tarde  
Blogger HK disse...

1 - A única coisa original que se pode fazer na vida é ter um filho, tal como a única coisa final é morrer :)
2 - Só há 7 notas para começar ... esticam-se e encolhem-se mas são sempre as mesmas 7.
3 - Acho piada aos She Wants Revenge, não era capaz de comprar o àlbum.
4 - Out Of Control é a melhor música do àlbum.
5 - Adeus até à próxima.

22/9/06 2:29 da tarde  
Blogger Untitled disse...

Concordo em pleno com o Astronauta. SWR é, para mim, um dos meus "amores de estimação". Quem gosta, gosta, quem não gosta, não gosta e ponto final. E, hoje em dia, qual é a banda que não soa a algo que já ouvimos?!

22/9/06 2:33 da tarde  
Blogger Spaceboy disse...

Já sabes que são um dos meus ódios de estimação e sim, acho que são uma cópia descarada das bandas que referiste, além de achar o disco aborrecido. Para mim não tem comparação com Interpol, mas como o Astronauta disse muito bem, são gostos e cada um tem os seus e assim é que isto tem piada. Abraço

22/9/06 4:35 da tarde  
Blogger A disse...

Eu cá gosto... e muito.

É melhor ouvir bandas assim do que coisas ditas "originais" e bem piores...

Beijo

23/9/06 11:10 da manhã  
Blogger playlist disse...

Já falamos por alto sobre os She Wants Revenge, e já sabes..eu gosto bastante desta rapaziada.

23/9/06 2:06 da tarde  
Anonymous marta disse...

gosto muito deles chamei-lhes o k lhes bem apetecer

24/9/06 8:25 da tarde  
Blogger Kraak/Peixinho disse...

Gostaria de saber o que hoje em dia é verdadeiramento PURO... Tudo tem o seu toque ao grupo A ou à banda B etc. Claro está que alguns mais que outros, mais ou menos discretos. Gosto bastante dos SWR e curti imenso ve-los ao vivo no LXSoundz. Foi uma verdadeira surpresa. Ao contrário do que se afirma, o disco é muito agradável. Claro que tudo é uma questão de gosto e isto há que respeitar.

Hugzz

25/9/06 2:53 da tarde  
Blogger gonn1000 disse...

Simpatizo com o disco, mas não é daqueles que ouça do princípio ao fim.

25/9/06 4:49 da tarde  
Blogger indigo prateado disse...

A mim surpreenderam-me ao vivo no Lisboa Soundz.Adorei!

13/11/06 8:13 da tarde  
Blogger Lord of Erewhon disse...

Bela conversa... Algum de vós tem mais que 30 anos? :)

9/2/09 5:45 da tarde  
Blogger Lord of Erewhon disse...

P. S. A Internet é um arquivo espantoso: não resisti... :)

9/2/09 5:46 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home