{ background: black }

sexta-feira, fevereiro 16, 2007

Dear Combo

 pelO Puto 



Envoltos na penumbra, o duo formado por Pedro Gonçalves e Tó Trips encantaram e deslumbraram uma plateia repleta no pequeno auditório do Teatro de Vila Real, no passado dia 3 de Fevereiro. Cenário simples e soturno, apenas com a aparelhagem sonora e um ramo de rosas vermelhas sobre uma base de madeira. Simples como a sua música, mas de uma beleza e de uma paixão arrebatadoras.
O concerto foi preenchido com temas dos 2 álbuns de originais e 2 versões - “Like A Drug” dos Queens Of The Stone Age (versão restaurante chinês) e “Temptation” de Tom Waits (com adufe e percussão).
Tó Trips apresentava cada faixa e fazia quase sempre um gracejo, destacando-se a explicação para “O Assobio”, baseada numa melodia assobiada pelo avô, que se veio mais tarde a revelar aquela que o Vasco Santana interpretava n’”O Pátio das Cantigas”.
A música dos Dead Combo cresce ao vivo, não apenas pela componente visual mas pela musicalidade em si. A “portugalidade” presente no disco toca-nos a alma quando é transposta para o palco. Comove, envolve, comunga.

3 Comments:

Blogger mago disse...

Tive a oportunidade de os ver ao vivo na ZDB num mítico "versus" destes Dead Combo com os Dead Combo finlandeses. Dão um excelente espectáculo, ainda me lembro de os estar a ver na penumbra com aquela única lâmpada acesa pendurada sobre o palco que a cada início de música andava para trás e para a frente durantes uns tempos, ora iluminando ora escondendo... Muito bom.

16/2/07 11:43 da manhã  
Anonymous cj disse...

também os vi, há 2 ou 3 anos, num bar no Montijo.
o cenário consistia numa lâmpada pendurada que por ali fazia o movimento pendular.
um simples adereço que criava todo o ambiente.

16/2/07 3:06 da tarde  
Blogger Joe disse...

Vi-os em Braga há umas semanas, a abrirem para o Howe Gelb. Foi muito bom!

21/2/07 12:13 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home