{ background: black }

quinta-feira, janeiro 12, 2006

Customers who bought this album also bought...

 pelO Totó 



Existe um mito urbano que explica que qualquer pessoa consegue, em cinco passos, chegar à fala com qualquer outra pessoa do planeta. Explicando melhor: entre os meus conhecidos existe alguém que conhece outra pessoa, que conhece alguém [...] que conhece O Thurston Moore dos Sonic Youth. A explicação é matemática: segundo um site que consultei, a população mundial é (era) 6.490.808.708; se cada um de nós se relacionar com 100 pessoas, entre família, amigos e conhecidos, no final de cinco passos teremos 10.000.000.000 (100x100x100x100x100), um número de pessoas bastante superior ao da população mundial. No fundo trata-se de uma variação moderna da lenda do jogo de xadrez entre o Pastor e o Rei, em que o Pastor, depois de ter vencido a partida, apenas pede ao Rei um grão de trigo que coloca numa das casas do tabuleiro e que o Rei duplique sucessivamente o nº de grãos de trigo nas restantes 63 casas.
Aplicando um raciocínio similar no site da Amazon, seguindo a indicação "Customers who bought this album also bought", seria de esperar que conseguiríamos relacionar quaisquer duas bandas por muito diferente que seja a sonoridade das duas. Tal não acontece. Quem consome um género particular, regra geral não se aventura por géneros muito diferentes e as indicações de compras formam um circuito fechado. A excepção acontece com bandas fora do mainstream que conseguem um grande sucesso comercial, impulsionados pela crítica ou por prestações memoráveis em grandes festivais, alargando assim a base de fãs a apreciadores de outros tipos de música. Usando os Arcade Fire como exemplo, partimos do aclamado "Funeral" e chegamos ao "Songs About Jane", dos Maroon 5. Basta seguirem as indicações do site: Arcade Fire (Funeral) - White Stripes (Get Behind Me Satan) - AudioSlave (Out Of Wxile) - Foo Fighters (In Your Honor) - Green Day (American Idiot) - Maroon 5 (Songs About Jane). Da excelência à mediocridade em 5 passos!

14 Comments:

Blogger O Puto disse...

Isso acho tem a ver com os graus de separação. Normalmente o nº de graus de separação está entre os dois modelos extremos: o mundo paroquiano (nº graus de separação elevado, no qual quase se encaixa a maioria das "correntes" do site da Amazon) e o mundo estilhaçado (nº graus de separação = 1). Penso eu que é assim.
Tb consegues esse gradiente de qualidade nas pessoas que conheces, não consegues? E olha que o nº de graus de separação pode ser bem menor que esses 5 que referes.

13/1/06 3:16 da manhã  
Blogger O Totó disse...

Tenho que investigar acerca desses modelos de que falas. Quem me dera ter a tua cabecinha :)

13/1/06 11:15 da manhã  
Blogger membio disse...

pode não ser o modelo perfeito, mas já conheci algumas bandas a partir daí. Eu uso mais as listmanias da Amazon em conjunto com o Allmusic e os seus similar artists/influenced by/followers... No BBC.CO.UK/MUSIC tb é uma boa fonte para encontrar muita cena porreira...

13/1/06 2:09 da tarde  
Blogger kimikkal disse...

Neste caso há 2 crossovers:

Arcade Fire (indie) - White stripes (indie rock) - Audioslave (rock)

e

Greenday (rock) - Maroon 5 (pop)

O fenómeno que referes está bem espelhado no segundo crossover.

13/1/06 6:25 da tarde  
Blogger O Totó disse...

As bandas de grande sucesso dão origens a esses crossover curiosos. No caso da Madonna, quem comprou o Confessions on a Dance Floor comprou também o Playing the Angel dos Depeche e o Life do Ricky Martin. Claro que não devem ser as mesmas pessoas. Digo eu :)

13/1/06 7:56 da tarde  
Blogger O Totó disse...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

13/1/06 8:00 da tarde  
Blogger O Totó disse...

membio - obrigado pelas sugestões dos sites. O "similar artists/influenced by/followers" do allmusic parece-me fazer mais sentido de facto do que as indicações de compras da Amazon.

13/1/06 8:02 da tarde  
Blogger M.M. disse...

Também fico estupefacta com a disparidade de bandas que são (aparentemente) adquiridas pelos mais variados clientes. Enfim, a tua explicação faz todo o sentido.
Já me aconteceu andar à procura de uns livros sobre o Bill Hicks e segundo o "customers who bought this item", they also bought... Daniel Steele? Será mesmo possível?

14/1/06 11:56 da tarde  
Blogger SGTZ disse...

Por momentos assustei-me!
Vocês discutem o que comprou quem... e ninguém ainda me ajudou a superar este enorme susto que me pregaram...então abro o blog do puto, para descobrir mais uns disquitos para roubar da net, e vejo Marron 5. Passaram-se? Será que morrerram na "sexta-13", será que ficaram surdos? Bolas ....

15/1/06 2:03 da tarde  
Blogger O Totó disse...

M.M. - para minha vergonha confesso que não tinha ouvido falar sobre Bill Hicks. Felizmente existe a internet. Ele tinha um humor politicamente incorrecto fantástico. Este site tem algumas frases dele, provavelmente já conheces: http://en.wikiquote.org/wiki/Bill_Hicks
Gosto muito desse tipo de humor que desconstrói o comportamento humano. Tenho um blog em que tento explorar um pouco isso : http://www.jarrobranco.blogspot.com
Passa por lá quando puderes. (Puto e Tipo - desculpem a publicidade grátis :) )
Já agora um site curioso que foi uma sugestão de O Tipo que acho que vais gostar: http://www.whatshouldireadnext.com/

15/1/06 2:39 da tarde  
Blogger O Totó disse...

SGTZ - Desculpa o susto. Para compensar dou-te uma sugestão para um disquito : Smoove - Dead Men's Shirts. Não consigo arranjá-lo, nem por meios legais :) . Tem uma das minhas musicas preferidas do ano: "The Revolution will be televised". Se conseguires arranjá-lo diz qq coisa.

15/1/06 2:47 da tarde  
Anonymous rjm disse...

Afinal não estou só! Eu também preferiria ouvir estática de rádio a Maroon 5.

15/1/06 3:18 da tarde  
Blogger O Tipo disse...

Podem também ver este site www.pandora.com onde após introduzirmos uma música ou grupo, "constrói-se" uma "rádio" onde passam temas que eles acham que são semelhantes. Limitado, mas na mesma onda das recomendações...

16/1/06 3:55 da tarde  
Blogger Hugo disse...

O que diz no amazon de "quem comprou isto, comprou aquilo" com certeza também será influenciado pelo facto de as pessoas oferecerem prendas (a pessoas diferentes, com gostos diferentes) e isso deve baralhar essas listagens.

Ah...e acho o www.last.fm bem mais interessante que o pandora.

17/1/06 1:30 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home