{ background: black }

segunda-feira, fevereiro 21, 2011

Um flor de lótus.

 pelO Mito 

Foi na sexta-feira passada. Acordei para o mundo com um email e um telefonema a alertar-me que os Radiohead tinham antecipado um dia. Um dos discos mais antecipados estava finalmente na rua. Tinha de o ouvir. Caramba. Um sentido de urgência apoderou-se de mim. Fiquei imediatamente preso em "Lotus Flower". Foi assim que os Radiohead anunciaram ao mundo. Com um vídeo. E é isso que eu vou deixar aqui. O single.

Todo o disco é maravilhoso. Mas a resenha escrita fica para depois, que ainda o estou a digerir. E estas coisas querem-se calmas e ponderadas.

Por agora encantem-se. E não, não é o Jamiroquai nem a epilepsia do Ian, é mesmo o Thom a dançar, ou melhor, a sentir.

Etiquetas: ,

11 Comments:

Anonymous lisa carol fremont disse...

este video vai ficar para a historia.
estou como tu, a digerir, com o coração a mil! :)

21/2/11 11:29 da manhã  
Blogger O Mito disse...

Em repeat. Colado até à alma com esta música. Não sei que é legal ouvir tantas vezes o mesmo. Sem parar. Mas não me importa. Porque realmente o que é bom, é para ser consumido sem regras.

Sim. A digerir isto tudo. E tem mesmo de ser assim. Quero escrever sobre o disco, mas com o coração mais morno, para não cair no adjectivo superlativo fácil.

Dou dar-lhe tempo em mim. Por agora conquistou-me, derrubando todas as minhas defesas.

Obrigado Lisa pelo comentário.

21/2/11 11:40 da manhã  
Blogger O Puto disse...

O Thom mexe-se muito bem neste vídeo. Tomara o Jamiroquai!

21/2/11 2:59 da tarde  
OpenID lisacarolfremont disse...

um gajo ainda ganha problemas cardíacos à conta deles: 'ah e tal lançamos disco novo para a semana!' -_-
'ah afinal n é para a semana, é já hoje.' toma lá!


Puto - qual jamiro qual nada! se o thom soubesse como fica sexy a dançar já o tinha feito antes ahaha

:)

21/2/11 4:25 da tarde  
Blogger Pedro disse...

Contagia este Thom a dançar. Faz lembrar como muitos de nós dançamos em privado ( e nunca á frente dos outros eheh) quando sentimos a musica que estamos a ouvir. A analise do album continua desde sexta-feira...e quando pensar que já ouvi demais, a cereja em cima do bolo vai chegar - a box :)

21/2/11 8:20 da tarde  
Blogger Rui G disse...

Magnífico, o superlativo ainda seria um eufemismo

21/2/11 10:24 da tarde  
Blogger O Puto disse...

Já existe um site inspirado por esta dança do Thom.

22/2/11 5:07 da tarde  
Blogger M.A. disse...

Fraquinho, fraquinho. Chatinho, chatinho. Serei eu o único que achá-lo?!

22/2/11 8:24 da tarde  
Blogger O Tipo disse...

o álbum é médio +, o videoclip é chatinho, sendo que esta música nem é nada de especial...

23/2/11 9:45 da manhã  
Blogger O Mito disse...

Fraco? Não acho. Chato? Também não. Acho-o bastante diferente e ao mesmo tempo é familiar. E é nessa necessidade de oposição que nasceu um belo disco.

Com tudo o que isso acarreta.

Vai ouvindo. E vais ver que cresce em ti.

Espero.

23/2/11 9:50 da manhã  
Blogger Pedro disse...

Também acho que não é nada de especial. Falta qualquer coisa para ser um bom álbum, mas gosto. Espero também, que com o tempo, consiga apreciar ainda mais. Estas melodias mais repetitivas apenas com variações na melodia vocal, deixam-me sempre um pouco desconsolado, embora muitas vezes precise de ouvir musica assim para descongestionar :)

23/2/11 3:11 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home